Barra

06/02/2015

Anatel determina que 90% dos orelhões da Oi funcionem até o fim de março.


Dos cerca de 650 mil orelhões operados pela Oi no Distrito Federal, e em todos os estados do país, com exceção de São Paulo, 90% deles terão que estar funcionando plenamente até 31 de março deste ano. E, onde o único serviço de telecomunicações for o telefone público, a exigência sobe para 95%. A decisão foi tomada pelo superintendente de Controle de Obrigações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Roberto Pinto Martins, que baixou medida cautelar publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União.Caso a empresa descumpra a determinação, terá que pagar uma multa diária de R$ 50 mil por cada unidade da federação, limitada ao valor máximo de R$ 10 milhões. A instalação e manutenção dos orelhões é uma obrigação das concessionárias de telefonia fixa. A Anatel, no entanto, deu uma alternativa para a Oi “como forma de diminuir os danos sofridos pelo usuários decorrentes da baixa disponibilidade” dos orelhões. Em cinco dias úteis, a contar de hoje, ela poderá optar por oferecer ligações gratuitas aos usuários. A empresa somente poderá suspender a gratuidade depois de avaliação dos fiscais da agência se os telefones foram religados e a melhoria da qualidade dos serviços.

  • Comente aqui
  • Comente com Facebook
Item Avaliado: Anatel determina que 90% dos orelhões da Oi funcionem até o fim de março. Classificação: 5 Revisados por: Locutor Rodrigo