Barra

06/04/2015

Evangélico assaltado é obrigado a tomar cachaça.


O evangélico e servidor público municipal, José Raimundo da Silva Oliveira (Mundinho), passou por momentos difíceis, quando teve sua moto Honda Pop, preta, tomada em assalto, na manhã deste sábado (4), na BA-651, rodovia que liga Itapitanga à Coaraci. SegundoMundinho, quando ele retornava de Coaraci por volta das 08h30, uma Kombi branca, com placas não identificadas, parou na contramão e, ao aproximar-se dele, um dos três assaltantes apontou a arma e mandou que ele parasse a moto, próximo à fazenda de Moisés Ferreira, na BA-651. Em seguida, Mundinho foi obrigado a deitar-se no mato a mando dos assaltantes, que o ameaçavam o tempo todo de tirar a sua vida. Após render a vítima, os assaltantes colocaram a moto eMundinho dentro da Kombi, e seguiram em direção à Coaraci. No percurso, os assaltantes amararam a vítima e fizeram ele beber meio litro de cachaça, sob a mira de uma arma engatilhada. Já próximo à Coaraci, nas imediações da fazenda de Simplício, os assaltantes pararam a Kombi e jogaram o vítima amarrada num matagal à beira da pista. Tonto com a bebida que foi obrigado a tomar,Mundinho conseguiu se livrar das amarrações e, cambaleando, levantou e pediu ajuda, quando foi socorrido por um jovem conhecido como Besourinho que seguia de moto de Coaraci com destino à Itapitanga. A vítima foi até Coaraci e registrou a ocorrência na Policia Militar, que deu uma rápida varredura na entrada da cidade, mas não encontrou sinal da Kombi e nem dos assaltantes. A informação do assalto também chegou ao conhecimento da Polícia de Itapitanga, através da vítima, mas não há notícias ou pistas sobre o destino dos criminosos. Segundo a polícia, três homens com as mesmas características apontadas pela vítima, são suspeitos, pois, foram vistos logo cedo vendendo banana na feira livre em Itapitanga. 
  • Comente aqui
  • Comente com Facebook
Item Avaliado: Evangélico assaltado é obrigado a tomar cachaça. Classificação: 5 Revisados por: Locutor Rodrigo