Barra

06/01/2019

Arataca está entre as oito cidades da região que registraram aumento de homicídios

2018 não foi fácil para a 6ª Coorpin. com sede em Itabuna. 
As cidades que são de atuação da coordenadoria tiveram um grande aumento nos casos de homicídios, proveniente da guerra das facções oriundas de Itabuna Raio A e Dmp. As cidades que aumentaram os homicídios em 2018 foram: Barro Preto (o maior aumento de todas na região), 175%, pulando de 4 homicídios em 2017, para 11 em 2018. Camacan, aumento de 23,5%, de 17 homicídios em 2017 para 21 em 2018. Buerarema, aumento de 42,9%, de 7 mortes em 2017 para 10 em 2018. Coaraci e Ibicaraí tiveram um aumento igual de 12,5%, de 8 mortes em 2017, para 9 em 2018. Já São José da Vitória teve o aumento de 50%, passando de 4 execuções em 2017, para 6 em 2018. Pau Brasil teve um aumento de 25%, de 4 assassinatos para 5 em 2018. Arataca teve um aumento de 44,5%, tendo registrado 9 mortos em 2017 e 13 em 2018. 

Na contramão, três cidades da região, comandadas pela 6ª Coorpin, reduziram os homicídios, são elas: Itajuípe percentual de 53,4%, tendo registrado 15 mortes em 2017 e 7 assassinatos em 2018. Mascote, redução de 46,2%, de 13 homicídios em 2017 para 7 mortes em 2018. E a última a reduzir os homicídios foi Floresta Azul: 50%, passando de 4 mortes em 2017 para 2 em 2018. E duas cidades se mantiveram iguais, Jussari e Itapé com 3 assassinatos tanto em 2017 como em 2018. Em 2019 apenas São José da Vitória já registra homicídio sendo 1 caso ocorrido.
  • Comente aqui
  • Comente com Facebook
Item Avaliado: Arataca está entre as oito cidades da região que registraram aumento de homicídios Classificação: 5 Revisados por: Locutor Rodrigo