Barra

28/05/2020

História da cafeicultura do Espírito Santo está de luto: morre aos 78 anos, Wanderlino Bastos, ex-presidente da Cooabriel

O Engenheiro Agrônomo foi o precursor da muda clonal de café conilon e lutava contra um câncer
Faleceu nesta quarta-feira (27), no município de Arataca no estado da Bahia, Wanderlino de Medeiros Bastos. Marco na história da cafeicultura do Espírito Santo, o Engenheiro Agrônomo foi o precursor da muda clonal de café conilon e lutava contra um câncer.

Um marco na história da cafeicultura do ES

Wanderlino Bastos foi presidente da Cooperativa Agrária dos Cafeicultores de São Gabriel (Cooabriel) na gestão de 10/06/82 à 31/03/84. Foi o precursor da muda clonal de café conilon por meio da empresa Verdebrás Biotecnologia, com trabalhos iniciados em 1982. Seu trabalho foi muito importante para o aumento da produtividade do café conilon.

Em sua gestão na Cooabriel, iniciou um grande processo de reforma administrativa na década de 80, com criação de departamentos específicos, modernização de setores, padronização de café e outros processos para a melhoria da prestação de serviços.

Produtor rural por muitos anos na região de São Gabriel da Palha, há aproximadamente duas décadas desenvolvia o agronegócio no Sul da Bahia, onde foi precursor na produção e industrialização da marca “AÇAI DA BAHIA”.

O Secretário de Estado da Agricultura do Espírito Santo, Paulo Foletto, usou as redes para revelar sua tristeza ao receber a notícia e assegurou que Wanderlino Bastos deixa um legado de dedicação, inovação e de grande amor pelo Espírito Santo.

“Com muita tristeza recebemos a notícia do falecimento de Wanderlino Bastos. Seu papel na recuperação e no desenvolvimento do parque cafeeiro capixaba foi fundamental, contribuindo para o seu fortalecimento, agregando tecnologia e gerando mais riqueza e trabalho. Deixa um legado de dedicação, de inovação e de grande amor pelo Espírito Santo. Aos familiares, amigas e amigos nosso abraço fraterno. Que o exemplo de Wanderlino seja seguido por todos nós, com amor pelo Estado, compromisso com o seu desenvolvimento e com o bem-estar de toda a população. Wanderlino Bastos, obrigado por tudo”, publicou Paulo Foletto.

Segundo informações, o corpo foi velado em sua residência, na fazenda Santo Antônio do Atalaia, município de Arataca-BA e seguia para ser cremado.

Fonte: Editora Hoje/Cooabriel
  • Comente aqui
  • Comente com Facebook
Item Avaliado: História da cafeicultura do Espírito Santo está de luto: morre aos 78 anos, Wanderlino Bastos, ex-presidente da Cooabriel Classificação: 5 Revisados por: Locutor Rodrigo